Quizes e Testes Sempre uma coisa nova para você. Só clicar.

Resoluções de Ano Novo


moleskini-aberto

Sim, mais uma ano que se encerra. Foi rápido? Não achei não. Passou como deveria passar. Nós que passamos a ver o tempo de maneira diferente.  O tempo se molda de acordo com a forma que o utilizamos. Talvez você só vai reparar no tempo quando estiver na frente de um espelho e reconhecer aquelas rugas ao lado dos olhos ou aqueles cabelos brancos mostrando para todo mundo que você têm experiência. Talvez o seu tempo seja medido pela quantidade de coisas que você “têm” que fazer e se descobrir incapaz de dizer o que comeu de almoço.

Talvez o seu tempo seja medido pelos seu filhos que até ontem pediam o seu colo e hoje estão de mudança da sua casa. É triste, mas como aquelas “piadocas” que o seu tio dizia, tanto a uva como o tempo passa (um minuto de silêncio para se reconstruir dessa leitura).  O tempo é o senhor da razão e sempre o será. Eu mesmo que tenho sérias dificuldades em aceitar que as coisas mudam, fico o tempo todo me lembrando disso. E com o tempo, isso acaba ficando mais fácil realmente.

Você naturalmente começa a nutrir um desapego por certas coisas. Começa a não dar tanta atenção aos problemas do dia-a-dia, não usa a buzina a não ser para sinalizar um amigo que você não via muito tempo na rua enquanto dirige. Xinga o trânsito (porque sejamos francos, não está fácil para ninguém) mas dentro do seu carro, de vidros fechados para ele se acabe com o fôlego do pronunciar um palavrão.  Aprende que optar pelo caminho tortuoso pode ser mais fácil que o caminho mais rápido. Aprende a valorizar aquilo que tem. Seja materialmente ou não. Assume que é muito difícil entender o próximo, mas mesmo assim não deixa de tentar.  Busca valorizar ao máximo o seu tempo mais para beneficiar os outros a sua volta, porque não deixa de ser uma forma de se ajudar.

Enquanto isso não acontece, buscamos em listas, muitas vezes cheias de falsas promessas coisas que conseguimos reconhecer em nós mesmo que devemos melhorar. Essa é uma prática nobre e altamente recomendada. Você reconhecer a suas falhas e tentar melhorá-las de maneira racional só demonstra o seu crescimento como pessoa. Por isso faça essa lista. Mesmo que você não tenha intenção de completá-la, mentalmente você sabe exatamente onde tem que mudar.

Dito isso, passo agora para minha lista pessoal, que compartilho com você:

  1. Tenho que aprender a cuidar mais da minha saúde, mesmo sabendo que eu detesto hospitais.
  2. Tenho que ir para Academi….Acade…. Aca……de…….mia.
  3. Tenho que emagrecer.
  4. Tenho que tomar coragem e aprender o Espanhol que tanto quero.
  5. Tenho que comer menos chocolate e refrigerantes
  6. Tenho que me socializar mais com as pessoas.
  7. Tenho que ter menos medo de que as coisas não vão dar certo e me jogar nas oportunidades
  8. Tenho que ignorar as pessoas que não me tratam com o mesmo carinho e afeto que eu trato elas.

Por enquanto é isso mesmo.  O resto se desenvolve pelo ano que começa. Tenha um ótimo ano novo e que você consiga realizar cada uma das suas metas.

Vector 2015 Happy New Year background

“Champagne para quem tem sede!” – Dohrothy Benson

 

Comentários

comentários

Resoluções de Ano Novo by Paranóia Magazine Digital is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.