Quizes e Testes Sempre uma coisa nova para você. Só clicar.

O politicamente correto e a geração bundona


Estava eu navegando na internet (leia-se facebook), lendo repetidos “Bom dias”, reclamações de trânsito, chuva, frio, calor, coisinhas fofas e tal, quando me deparo com esta notícia “Cartoon Network considera ‘Tom e Jerry’ politicamente incorreto e o tira do ar”. A princípio eu achei que fosse uma brincadeira do Sensacionalista, mas aí eu cliquei no link, da colunista Patrícia Kogut do jornal O Globo, e reproduzo aqui na íntegra o que dizia:

Quase todo mundo no mundo cresceu vendo Tom e Jerry em guerra. Pois, pelo menos para o público brasileiro, isso pode acabar. O Cartoon Network, dono dos direitos do desenho, vai tirar do ar cerca de 27 filmes com os personagens.

O motivo é o caráter politicamente incorreto das surras aplicadas pelo gato no rato. E a violência. Acham que as crianças podem enxergar aquilo como mau exemplo. Hã?”

Patrícia Kogut foi até muito delicada com seu “hã” no final, por que eu logo pensei: “QUE PO*** É ESSA? NÃO PODE SER SÉRIO! QUE BANDO DE C*ZÕES!”.

Eu cresci vendo Teste de Fidelidade, Os Normais, Tom & Jerry, Pica-pau e South Park , e não é por isso que acho que torturar um animal, trair ou acender um pum sejam boas ideias.

Os desenhos, os filmes, os jogos de videogame violentos sempre serviram para entreter e até as crianças entendem isso, os exemplos que elas seguem são os que elas tem em casa. Por isso, cabe aos pais educá-los e prepara-los para o mundo. Essa superproteção absurda, que pinta um mundo lindo, sem violência, sexo, drogas e corrupção, vai criar uma pessoa bundona, indefesa e despreparada para a vida.

Vai resultar naquela criança que sofre o famoso “bullying” e vira alvo fácil dos amigos porque não sabe se defender.

E é esse tipo de atitude que o Cartoon Network está incentivando ao banir um clássico que está há décadas no ar.

Mas longe de mim dar uma de Paulo Freire e falar como as crianças tem que ser educadas, e opinar sobre que elas podem ou não assistir. Já tem o governo para fazer isso.

Mas se Tom & Jerry é mau exemplo, melhor banir o “atirei um pau no gato” porque também estimula a violência, o “boi da cara preta” que estimula o sequestro de criança chorona, “O cravo e a rosa” que incita a violência doméstica…

Comentários

comentários

O politicamente correto e a geração bundona by Paranóia Magazine Digital is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.