Quizes e Testes Sempre uma coisa nova para você. Só clicar.

A Maldição da casa Winchester – Critica


O labirinto de cômodos e as 600 portas distribuídas em 7 andares contribuem para a atmosfera sombria da casa Winchester, localizada na Califórnia, nos Estados Unidos. Construída há quase cem anos pela milionária Sarah Winchester, herdeira de uma fábrica de armas, a residência inspirou o novo longa baseado em eventos reais: “A Maldição da Casa Winchester”, com lançamento agendado para 1º de março no Brasil. Protagonizada pela vencedora do Oscar® Helen Mirren, que dá vida a Sarah Winchester, o filme dirigido pelos irmãos Michael e Peter Spierig (de “Jogos Mortais: Jigsaw”) revela as suspeitas que pairam sobre a sanidade da proprietária e o apavorante dia a dia na mansão.

Depois da morte de seu marido e de seu filho, Sarah começa a acreditar que está sendo perseguida por espíritos das pessoas que foram mortas por rifles fabricados por sua família.

O psiquiatra intrepretado por Jason Clarke chega à mansão para avaliar o estado mental de Sarah, mas vivencia momentos que colocam suas próprias certezas à prova.

A produção tem distribuição nacional Paris Filmes.

Para nossa crítica, clique aqui

Comentários

comentários

A Maldição da casa Winchester – Critica by Paranóia Magazine Digital is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.