Quizes e Testes Sempre uma coisa nova para você. Só clicar.

Logan – Crítica

“Num futuro próximo, um cansado Logan (Jackman) cuida do doente Professor Xavier (Patrick Stewart) escondido na fronteira do México. Mas sua tentativa de ficar isolado do mundo e de seu legado termina quando uma jovem mutante surge, sendo perseguida por forças obscuras.”

Aqueles que estão atentos com as últimas notícias já sabem que a jovem mutante é Laura Kinney, a X-23 (Dafne Keen). Além dos cientistas por trás dos experimentos com mutantes, outros vilões do longa serão os Carniceiros, ciborgues mercenários.

Dirigido por James Mangold, Logan será exibido no Festival de Berlim e chega aos cinemas brasileiros no dia 2 de março.

2.7

Nossa Opinião

Para os fãs que acompanharam todos os 10 filmes da saga X-Men da Fox (guerreiros, porque a forma como a Fox apresentou seus filmes não fazem sentido algum) Logan se apresenta como um desfecho dos personagens que acompanharam por tanto tempo. O filme apresenta algumas explicações (mas nem todas. Deixam buracos que só podem ser resolvidos agora por leitores das HQ’s). De resto, o filme se mostra como um enorme “road movie” que tenta te impactar pela emoção. O filme tem sua porção de piadas ao estilo Wolverine, mas não sei se os fãs vão gostar dessa pegada “dramática”. Destaque para as cenas de ação (sim, são só algumas) que trazem um pouco de adrenalina para um filme tão grande (poderia ser bem mais curto). Você que acompanhou a saga desde o início deve ir ao cinema para assistir o filme.

Comentários

comentários

Logan – Crítica by Paranóia Magazine Digital is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.