Capitã Marvel – Crítica

Ambientado nos anos 1990, “Capitã Marvel” é uma aventura totalmente nova de um período nunca visto na história do Universo Cinematográfico da Marvel que acompanha a jornada de Carol Danvers, conforme ela se torna uma das personagens mais poderosas do universo. Enquanto uma guerra galáctica entre duas raças alienígenas chega à Terra, Danvers se vê junto a um pequeno grupo de aliados bem no meio da ação.

O filme apresenta Brie Larson, Samuel L. Jackson, Ben Mendelsohn, Djimon Hounsou, Lee Pace, Lashana Lynch, Gemma Chan, Rune Temte, Algenis Perez Soto, Mckenna Grace, com Annette Bening, Clark Gregg e Jude Law. “Capitã Marvel” é produzido por Kevin Feige e dirigido por Anna Boden e Ryan Fleck. Louis D’Esposito, Victoria Alonso, Jonathan Schwartz, Patricia Whitcher e Stan Lee são os produtores executivos.   O filme chega aos cinemas no dia 7 de março.

 

 

4

Nossa Opinião

Esse filme nasceu com uma enorme responsabilidade: colocar um fim a expectativas criadas pelo Vingadores: Guerra Infinita. Capitã Marvel e Homem Formiga 2 deveriam cumprir com essa responsabilidade além de apresentar suas histórias. Missões concluídas com sucesso. Os estúdios Marvel mostraram que eles tem cacife. Estamos agora aguardando o capítulo final dessa primeira etapa do MCU e temos a certeza que queremos ver mais filmes da Capitã Marvel, Homem Formiga e Pantera Negra (esperando a existência de um próximo filme dos Guardiões da Galáxia). O filme da Capitã Marvel além de contar sua origem, conta a história de Nick Fury e o Agente Coulson da S.H.I.E.L.D. sem prejudicar a história principal. Fantástico. O filme é a representação da Marvel do empoderamento feminino com um delicioso humor ácido na medida. Vale muito a pena assistir.

Comentários

comentários

Capitã Marvel – Crítica by Paranóia Magazine Digital is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License.